Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2010

ver tudo.

E ver tudo, não poder cegar o mundo. E ela sabia que assim seria, desde que acordou naquele dia de verão. Começou a plantar coisas boas, para colhê-las melhor ainda, mas nada adiantou. E ela sabia que em pouco tempo poderia ser esquecida, sim, ela sabia! Há muitos meses, quando o sol ainda brilhava sem suas lágrimas, ela conseguia ver futuro onde não existia. Alegria onde não cabia. E ela sabia que aquele papel seria esquecido. Ela sabia que não dava mais pra ser amigo. Ela sabia de tudo... quase tudo! Ela só não sabia que poderia pensar tanto, e querer tanto uma coisa que não estava à seu alcance. Ela só não sabia que aquela ferida e aquelas lembranças daquele lugar vazio e agitado ao mesmo tempo lhe traria tanta vontade de voltar no tempo e viver aquela tarde outra vez. Ela só não sabia que a grama que lhe sustentava um dia pooderia não estar mais lá, e assim sujar suas roupas ;
e parando de se tratar do ELA, assumo meu pronome, e uso EU. Eu gostaria de saber o que acontecesse com v…

23:15 p.m.

e o coração bateu mais forte, o pulso está fora de controle. O cérebro? Tentando funcionar, e não sabe como proceder. Talvez dentro de alguns minutos isso tudo volte ao normal, mas não agora. E já se passaram 6 minutos, e ainda continuo trêmula. Quantas inseguranças, meu Deus!

- eu odeio quando vc desaparece .


eu também odeio, eu confesso. eu queria que esse caso fosse resolvido, ou então eu mudaria.